Programa de Educação em Direitos Humanos e Educação das relações Étnico-Raciais | Meus Serviços | Universidade do Sul de SC - Cursos Presenciais e EaD

Programa Unisul de Educação em Direitos Humanos e Educação das relações Étnico-Raciais

Entre em contato

Hércules Nunes de Araújo
Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa, Pós-graduação, Extensão e Inovação

E-mail: hercules.araujo@unisul.br


Fique por Dentro!

A Unisul integra o “Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos”, iniciativa do Ministério da Educação e do Ministério da Justiça e Cidadania.

Saiba mais!

Atuando na promoção da democracia, da cidadania e dos direitos humanos

O Programa, por meio de projetos, pesquisas e campanhas comunitárias, constrói e dissemina a cultura de respeito aos direitos humanos e das relações étnico-raciais, formando cidadãos para uma sociedade livre, democrática e de respeito às diferenças étnica, cultural, religiosa, de gênero, de orientação sexual e de opção política.

Atua de acordo com as políticas de Educação em Direitos Humanos (EDH) e Educação das Relações Étnico-Raciais da Unisul (ERER), efetivando-as por meio de ações desenvolvidas no âmbito do ensino, da pesquisa, da extensão e da Gestão Universitária. Tais ações de EDH e ERER são integradas, porém, descentralizadas no âmbito das direções e gerências dos campi, promovendo a transversalidade dos temas do Programa na Universidade.

Este Programa, assim como a Educação, é um processo dinâmico em permanente construção. Neste sentido esta proposta é aberta a reflexões, debates, assim como sua própria reformulação.

 

Conheça as políticas de EDH e ERER da Unisul

A Política de Educação em Direitos Humanos e Educação das Relações Étnico-Raciais na Unisul, com caráter permanente e contínuo, estabelece como princípios:

  • Caráter sistêmico e global;
  • Conexão/coerência entre teoria e prática;
  • Alteridade e diversidade como valores que promovem o fortalecimento dos indivíduos, da coletividade e da Instituição;
  • Construção individual e coletiva, com fundamento na cultura da paz, de valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para o reconhecimento e afirmação dos Direitos Humanos e das Relações Étnico-raciais respeitosas e plurais;
  • Políticas e ações que ocorrem por processos democráticos e participativos, permitindo múltiplas abordagens nos espaços de atuação da universidade;
  • Universalização da cultura de respeito aos Direitos Humanos.

Com base nos pressupostos e princípios institucionais, os objetivos da Política de Educação em Direitos Humanos e Educação das Relações Étnico-Raciais da Unisul são:

  • Formar cidadãos para uma sociedade livre, democrática e de respeito às diferenças étnica, cultural, religiosa, de gênero, de orientação sexual, de opção política;
  • Construir e disseminar a cultura de respeito aos Direitos Humanos, desenvolvendo ações afirmativas no ensino, na pesquisa, na extensão, na gestão e na convivência universitária;
  • Buscar a cooperação das demais Instituições de Ensino Superior, órgãos governamentais, instituições e organizações da sociedade civil, movimentos sociais, comunidades e grupos organizados para a promoção da Educação em Direitos Humanos e Educação das Relações Étnico-Raciais, bem como para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e dos povos indígenas.

A Política de EDH e ERER é efetivada por meio deste Programa, que tem como principais metas:

  1. Contemplar a Política de EDH e ERER na revisão dos documentos institucionais, destacando o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e os Projetos Pedagógicos de Curso (PPC) da Unisul;
  2. Abordagens nas capacitações de docentes e técnicos sobre a EDH e a ERER, e, em especial aos dos cursos de licenciatura e de formação de professores, sobre História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e dos povos indígenas, conteúdos propostos na Lei 11645/2008;
  3. Desenvolvimento dos temas de Direitos Humanos e das Relações Étnico-raciais por meio de projetos de pesquisa e grupos de pesquisa e por meio de projetos de extensão;
  4. Respeito aos princípios da Política de EDH e ERER em todos os projetos de pesquisa e de extensão da Unisul;
  5. Desenvolvimento de Cursos de Extensão sobre EDH e ERER no portfólio anual de Cursos de Extensão da Unisul;
  6. Difusão da Política e Programa de EDH e ERER em todos os Campi e setores da Unisul;
  7. Manutenção permanente do diálogo com os Fóruns de Direitos Humanos e Diversidade Étnico-racial da sociedade civil e com as entidades organizadas em prol destas temáticas;
  8. Monitoramento e avaliação das ações do Programa de EDH e ERER da Unisul.

Atuação no Ensino

A Unisul está dedicada à criar ambientes sociais de aprendizagem para refletir e difundir os direitos humanos e a igualdade entre os povos. O Plano Desenvolvimento Institucional da Universidade aponta as Políticas de Responsabilidade Social para a promoção da democracia, da cidadania e dos direitos humanos. 

Organização curricular

A Unisul estabelece como diretriz para todos os seus cursos a inclusão de conteúdos de ética, direitos humanos e questões étnico-raciais nos seus projetos pedagógicos e planos de ensino, e aplica na estrutura curricular de todos os bacharelados e licenciaturas, duas unidades curriculares obrigatórias denominadas de Formação Sociocultural, que somam 120 horas e são espaços institucionalmente garantidos para tratar a temática pertinente, tanto para o cumprimento dos requisitos legais como para a efetivação da missão, visão e valores da própria Universidade.

A inserção dos conhecimentos referentes à EDH e à ERER nos currículos dos cursos se dá também pela transversalidade, mediante a abordagem de temas relacionados com os Direitos Humanos e com as Relações Étnico-Raciais, ou seja, como eixo curricular que perpassa a estrutura curricular.

A prática da EDH e ERER se viabiliza por meio de atividades formativas de ensino, pesquisa, extensão e ambientes de aprendizagem diversificados, que envolvem um conjunto de Unidades de Aprendizagem (disciplinas). Estas atividades se constituem em projetos integradores, elaborados a partir das demandas sociais locais e regionais.

Programa de Promoção da Acessibilidade (PPA)

O Programa de Promoção de Acessibilidade (PPA) da Unisul busca promover condições igualitárias de acesso ao ensino, à pesquisa e à extensão para os alunos com deficiência sensorial, física, dificuldade de aprendizagem e com necessidades educacionais específicas.

O objetivo é atender os princípios da educação para todos, oferecendo facilidades para pessoas com deficiência inseridas no mundo acadêmico.

Conheça o PPA

Atuação na Pesquisa

Na Pesquisa a Unisul se destaca com diversos projetos de Educação Ambiental.

A partir do Programa todos os projetos de pesquisa da Unisul serão analisados visando contemplar os princípios da Educação Ambiental; bem como os grupos e linhas de pesquisa e experimentação em EA serão fortalecidos pois seus estudos e pesquisas estarão naturalmente mais consolidados junto aos órgãos de fomento, como Capes, CNPq, entre outros.

Grupos e Projetos de Pesquisa da Unisul na área de Educação Ambiental:

  • Grupo de Pesquisa em Educação Ambiental (Grupea);
  • Grupo de Pesquisa em Conservação de Recursos Naturais de Uso Comum;
  • Laboratório de Ciências Marinhas;
  • Grupo de Pesquisa em Educação Patrimonial e Arqueologia (Grupep - Arqueologia);
  • Grupo de Pesquisa A cidade, o edifício e a paisagem;
  • Grupo de Pesquisa em Engenharia de Processos (Engepro);
  • Grupo de Pesquisa em Eficiência Energética e Sustentabilidade (Greens);
  • Grupo de Pesquisa em Questões Ambientais e Sustentabilidade;
  • Grupo de Pesquisa em Tecnologias Limpas em Sistemas Produtivos Sustentáveis (Teclimp);
  • Núcleo de Pesquisa em Reforma Agrária e Agricultura Sustentável;
  • Núcleo de Pesquisas em Desastres Naturais (Nugeotec).

Saiba mais sobre os grupos de pesquisa

Programas de Pesquisa

A Unisul disponibiliza aos alunos e professores diferentes formas de acesso à pesquisa na área da Educação Ambiental por meio de seus programas. 

Mantidos com recursos internos e externos, os programas de pesquisa são organizados para o enriquecimento do processo de ensino e aprendizagem e para a produção de novos conhecimentos. Em cada edital, os Programas de Pesquisa abrem-se também para os temas da Educação Ambiental, possibilitando a ampliação dos conhecimentos que sustentam essa área.

Saiba mais sobre os programas

Atuação na Extensão

Na área da Extensão, a Unisul empenha-se na criação de projetos, cursos, eventos e diversas ações de extensão que envolvem a comunidade acadêmica e do entorno dos campi.

Projetos de Extensão

Nos editais internos de projetos de extensão, a EDH e a ERER é contemplada como tema institucional, o que possibilita a realização anual de projetos de extensão nas comunidades voltados à temática.

Conheça os projetos de extensão que estão em atividade em cada Campus Universitário:

Campus Tubarão Campus Grande Florianópolis Campus UnisulVirtual

Cursos de Extensão

Os cursos de extensão voltados à EDH e à ERER acontecem por meio dos projetos de extensão para as comunidades-alvo dos projetos ou de forma aberta à comunidade, em cursos abertos ao público.

Conheça os cursos de Extensão

Eventos

O Programa apoia e realiza eventos nos temas dos Direitos Humanos e das Relações Étnico-Raciais, que compõe a agenda anual de eventos dos campi. Em momentos específicos deste calendário anual são concentradas programações mais intensas.

Veja o que está acontecendo nos Campi

Serviços à comunidade

A prestação de serviços à comunidade também possibilita o atendimento de necessidades sociais por meio de atendimentos nos Núcleos de Prática Jurídica, nos ambientes e projetos esportivos, nos grupos artístico-culturais para pessoas da comunidade, que buscam a valorização da cultura local, além do atendimento nas clínicas da área de saúde, em especial nos serviços de Psicologia.

Serviços

Atuação na Gestão

As ações da Unisul que envolvem os colaboradores e alunos são voltadas à efetivação dos seus valores, em especial do respeito às pessoas, ao meio ambiente e à cultura. Respeito às pessoas pressupõe respeito ao meio onde vivem, de forma que a prática destes valores contemple a conservação da natureza e da memória artística e cultural das comunidades onde a Unisul está inserida, além do pluralismo de ideias, da diversidade, da participação e da inclusão. Com relação aos colaboradores, o PDI 2016-2019 define como uma das políticas de gestão a valorização das pessoas por meio da integração, formação e capacitação, reconhecendo-as no âmbito profissional e humano.

Programa de Formação Continuada (Profoco)

A EDH e ERER são abordadas semestralmente neste programa por meio de oficinas, palestras e outras atividades, incitando os professores da Universidade à reflexão crítica acerca dos temas do Programa, aprofundando conceitos e pautando-os na condução das ações sociais e dos temas abordados nas práticas de sala de aula, em projetos de pesquisa e em ações de extensão.

O tema também é tratado na formação dos técnicos da universidade, por meio de eventos, cursos e campanhas internas.

Ambiência e Cultura

Na área de ambiência e cultura a Unisul promove ações que abordam temas vinculados aos Direitos Humanos e às Relações Étnico-Raciais.

O colaborador ingressante é acolhido pessoalmente pela gestão da Universidade, que destaca a importância do respeito e convívio saudável entre os colegas. Além de integrar o novo colaborador no contexto universitário, busca-se sensibilizá-lo para a alteridade, uma vez que a Unisul atende diferentes públicos e caracteriza-se pela pluralidade e diversidade.

São oferecidas diferentes modalidades voltadas ao cuidado com a saúde do colaborador, procurando contribuir na sua qualidade de vida e ambiente de trabalho. Ainda, contribui no planejamento particular do colaborador, estimulando autonomia em projetos futuros. O principal foco é orientar sobre as possibilidades e perspectivas para quando uma nova fase da vida chegar, como a aposentadoria, por exemplo.